Os recursos e a infraestrutura de TI são fundamentais em empresas de todos os portes. Atualmente, eles suportam todos os processos dos negócios – recursos humanos, supply chain, financeiro, logística, marketing, vendas e todos os demais setores que citarmos. Ou seja, podemos afirmar, sem dúvida, de que as empresas são dependentes da tecnologia.

cloud 2

Por isso, um dos desafios para os gestores empresariais é contar com infraestrutura, sistemas operacionais, sistemas de administração, recursos financeiros e profissionais de TI que acompanhem a evolução constante deste segmento, a fim de garantir segurança, confiabilidade, qualidade, custos e o bom fluxo dos negócios no dia a dia. Afinal, nenhum executivo quer chegar em seu empreendimento e descobrir que os softwares estão defasados, que o servidor precisa ser trocado para dar conta do volume de informações a ser processado, entre outras inúmeras situações críticas.

Para oferecer respostas a estes potenciais problemas, a Cloud Computing (Computação em Nuvem) vem se desenvolvendo no mundo. E, atualmente, não é mais uma questão de adiar a implementação da Cloud Computing nas corporações de diferentes portes, mas sim de se estabelecer, o quanto antes, uma estratégia de quando acontecerá e como, a partir de uma análise detalhada do contexto corporativo, de planejamento e da identificação de fornecedores. O Cloud Computing envolve uma ampla gama de serviços: Software como Serviço (SaaS), Plataforma como Serviço (PaaS) e Infraestrutura como Serviço (IaaS).

De acordo com a edição 2013 da pesquisa exclusiva Cloud Computing Survey, realizada pela IDG Enterprise, 59% dos entrevistados já estão estudando quais são as operações de TI a serem hospedadas na nuvem. O estudo Microsoft SMB Business in the Cloud 2012, que ouviu executivos do mercado de TI de mais de 3 mil empresas de pequeno e médio portes, em 13 países, entre eles o Brasil, apontou que 33% pequenas e médias empresas já são usuárias de nuvem.

Outra importante análise, representada pela pesquisa Mercado Brasileiro de Software – Panorama e Tendências 2013, da ABES/IDC, aponta que cloud market (mercados de nuvem) emergirão e que 16% das empresas terão seus e-mails na nuvem até o final de 2013.

Diante das tendências, consideramos que, outras aplicações que podem dar início à Cloud Computing numa empresa está o serviço de compartilhamento de dados em nuvem, que permite que os arquivos pessoais ou corporativos estejam disponíveis de forma segura, em qualquer lugar e em qualquer dispositivo, especialmente diante da crescente mobilidade originada pelo uso crescente de tablets e smartphones.

Outro serviço que pode ser colocado em nuvem é o backup dos dados, um processo fundamental, cuja responsabilidade é, muitas vezes, relegada e feita de forma esporádica. O backup na nuvem foi favorecido pelas melhorias na velocidade da conectividade e na tecnologia, com a deduplicação e a criptografia.

Para finalizar este post, gostaria de observar que o Cloud Computing exige mudanças de cultura e organizacionais, incluindo o apoio dos colaboradores, a fim de que possa efetivamente oferecer mais produtividade e agilidade aos negócios. É preciso instruir-se sobre o tema, para que a tecnologia continue a propiciar crescimento e lucros.

Você quer saber como  implantar Cloud Computing em sua empresa? Entre em contato comigo. Vamos conversar e entender as necessidades de seu negócio. Neste bate-papo, compartilharei projetos de sucesso recentes, que ajudarão você a decidir pela melhor solução de acordo com o perfil do empreendimento, cenários econômico e concorrencial e os seus objetivos de curto, médio e longo prazos.